Selecionar justiça
Justiça Estadual Justiça Federal Justiça do Trabalho Assistência Técnica Árbitros, conciliadores e mediadores

Curso PJE CALC para Peritos e Calculistas - Viçosa



LOCAL:  AVENIDA PETER HENRY ROLFS, S/N CAMPUS UNIVERSITÁRIO (Prédio do CEE - UFV - ao lado da Biblioteca Central)

HORÁRIO: DAS 8H ÀS 18H NOS DOIS DIAS 18 e 19 DE MAIO

INSCRIÇÕES: AS INSCRIÇÕES DEVERÃO SER FEITAS MEDIANTE DEPÓSITO NA CONTA DA ASPEJUDI Nº 500.045-4, OPERAÇÃO 003, AGÊNCIA 0620, CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, CNPJ 65.177.396/0001-92.

ASSOCIADOS ASPEJUDI:     400,00

NÃO ASSOCIADOS:               600,00

ESTUDANTES:                       400,00

O curso será pontuado pelo Programa de Educação Profissional Continuada do Conselho Federal de Contabilidade. Serão  16 pontos no total.

OBS.: Enviar comprovante de depósito para o e-mail secretaria@aspejudi.com.br com o nome completo do inscrito, formação, endereço, telefone, endereço eletrônico e comprovante escolar para estudante nível superior. Associados da Aspejudi deverão também identificar-se com o número de registro na associação.  Atenção: O comprovante do depósito é a inscrição. Não há reserva de vagas, porque são limitadas.


A Aspejudi promoverá o curso “PJE-CALC Cidadão para Peritos e Calculistas”,  com duração de 16 horas, nos dias 18 e 19 de maio em Viçosa/MG, sendo que referido curso foi aprovado com 16 pontos para o CNPC do CFC.

 

Esse curso será ministrado pelo Professor José Nunes Pereira Filho que é o gestor do “PJE CALC” no Espírito Santo e possui mais de 16 anos de experiência como encarregado de cálculos da Justiça do Trabalho.

 

Terá como principal objetivo capacitar os profissionais, Peritos, Peritos Assistentes e Calculistas na utilização do PJE-CALC Cidadão para elaboração de cálculos Trabalhistas /liquidação de sentenças, sendo que o curso é 25% teórico e 75% prático.

 

Serão dois dias de curso e o investimento será de quatrocentos reais (R$ 400,00) para associados Aspejudi e estudantes e seiscentos reais (R$ 600,00) para os demais profissionais.

 

Mas temos um fator importante: esse curso só se viabiliza com o mínimo de 20 inscritos, mas, exatamente pela dinâmica do curso, o número máximo de participantes é de 25 alunos.

 

Todos os alunos terão que levar seus notebooks, sendo que antes do curso serão dadas as informações fundamentais para baixarem o programa que será utilizado no modo off, sem internet durante o curso.

 

Por último é importante ressaltar que o “PJE Calc” foi criado a pedido do CNJT com o objetivo de unificar todos os cálculos, sendo que em alguns estados já passou a ser obrigatória a entrega dos cálculos somente no “PJE CALC”.

 

O nosso colega, Rômulo Larcher Filgueiras, de Viçosa, se dispôs e estará presente com apoio ao professor e ao curso.

 

Atenciosamente

 

Presidente Aspejudi


1ª  Vice-Presidente de Cultura Profissional


  Vice-Presidente de Cultura Profissional


Ilca Lorens
Jornalista 0020061/MG